Gastrite: Dicas Para Diminuir seus Efeitos

Mudando hábitos para curar a gastrite.

gastriteA gastrite é um mal que aflige muita gente e nada mais é que uma inflamação estomacal que, quando negligenciada, poderá progredir para ulceras e até mesmo câncer.

Caracteriza-se por queimações, desde as mais brandas até as de forte intensidade, com incidência variada, conforma a gravidade do problema.

As causas mais prováveis de sua incidência são alterações emocionais e digestivas.

No caso das alterações emocionais recebe o nome popular de gastrite nervosa, ocorrendo sempre que o sistema nervoso é colocado à prova. Sua duração é prolongada conforme o estado emocional do paciente.

Alguns calmantes, ao invés de solucionarem o problema, podem agravá-lo ainda mais. A ingestão de certos medicamentos chegam a causar irritações nas paredes do estomago dificultando a cura.

As gastrites de cunho digestivo são provenientes do consumo de certos alimentos que aumentam a produção de ácido estomacal, promovendo as queimações. Cada individuo reage de forma particular à ingestão de determinado alimento ou combinações deles. Uma conduta alimentar adequada atenua os efeitos de certos alimentos em nosso organismo, minimizando suas consequências maléficas.

Como diminuir os efeitos da gastrite

Determinados alimentos, tais como cafés, refrigerantes com cola, chá preto, frutas cítricas, cebolas, alhos e gorduras devem ser consumidos com moderação. Analise se alguns deles em especial promovem o surgimento das queimações e substitua-os por outros de valor nutricional similar.

Outros alimentos, tais como cenouras, batatas, couve, alface, maçã e figo são recomendados por possuírem ph básico e atuarem contra o excesso de formação de ácido estomacal. Desses, a batata é um dos mais efetivos na redução das queimações.

Coma sempre em intervalos regulares. Não deixe seu estomago vazio em hipótese alguma. Faça refeições regulares para que haja a quantidade mínima de alimentos no estomago a serem processadas. No intervalo entre as refeições, beba água em abundancia para facilitar os processos digestivos.