Conheça mais Sobre Alguns Ditados Populares

Ditados popularesOs ditados populares fazem parte da cultura humana desde tempos remotos, onde serviam para transmitir experiências e valores. Também conhecidos como ditos ou provérbios fazem parte da nossa cultura e são bastante utilizados em nosso cotidiano.

Pessoas de todas as raças, credos e idades sempre referenciam esses ditados populares, principalmente quando desejam expressar suas opiniões e pontos de vista. Alguns deles como “quintos dos infernos” são utilizados até hoje, como uma forma de xingamento. Sua origem remonta o tempo da colonização portuguesa, onde o quinto de todas as riquezas nacionais era enviado para Portugal.

Saiba mais sobre alguns ditados populares:

- Sem eira nem beira: Refere-se à pessoa que não possui nenhum bem material. Eira refere-se a um tipo de terreno preparado para secar grãos e beira era a região ao redor da eira. Eiras que não possuíam beira ficavam expostas ao vento, que batia nos grãos e os jogava para fora da eira, deixando o dono sem nada.

- Andar à toa: significa andar sem rumo, sem destino certo. O nome toa faz referencia a um tipo de corda usada por um barco para rebocar outro. Se ele está à toa é porque esta sem rumo e direção, navegando a esmo.

- Onde Judas perdeu as botas: Significa um lugar extremamente distante. O personagem, Judas, após a traição, suicidou-se pendurado em uma árvore sem botas. Não se sabe ao certo onde se localizava, porém era bastante distante do local da crucificação.

- Santo do pau oco: Refere-se às pessoas que se fazem de santas, mas no íntimo não são nada do que aparentam ser. Na época da colonização, alguns comerciantes contrabandeavam ouro no interior de estátuas ocas de santos católicos. Assim, muito ouro era contrabandeado para outros países, reduzindo a riqueza de nossos colonizadores.

Esses exemplos nos mostram que existe toda uma história por trás de cada um desses ditados, alguns deles milenares e sem comprovação de sua origem. O interessante é que persistem ainda hoje e são utilizados como parte da cultura de nosso povo para expressar suas idéias e convicções.

ditados populares1