Benefícios da Erva Mate

Erva Mate

Cada vez mais a medicina chamada de “natural” vem conquistando seu espaço e mostrando que é muito mais poderosa do que se podia imaginar. Imaginem vocês que certamente aquele singelo chazinho da vovó pode possuir inúmeros benefícios para sua saúde e contribuir no combate em doenças de leva e alto grau de gravidade.

Sempre fui fã de todo tipo de chá. Desde bem pequenininha minha vó sempre me acostumou com os tradicionais chazinhos de erva-doce e camomila antes de dormir; resultado: não posso ver um chá diferente que lá vou eu experimentar! Hehe… Um em especial faz parte dos meus hábitos alimentares a anos a fio e eu mal podia imaginar que se tratava de um verdadeiro elixir poderoso: é o chá mate.

Provavelmente vocês devem ter assistido o  Globo Repórter exibido (24 de fevereiro) que tratou de efeitos medicinais de inúmeras plantas brasileiras, dentre elas, a erva mate. Se vocês perderam, procurem na internet porque foi interessantíssima! Eu vou tentar fazer um resumão das maravilhas que essa deliciosa bebida tipicamente brasileira pode fazer por nós.

Beneficios para nosso organismo.

om base na investigação feita por uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Santa Catarina, o chá da erva mate auxilia na peca de peso, bem como reduz níveis de colesterol e taxas de açúcar alto no sangue.

A conclusão veio a partir dos resultados de exames de pacientes que utilizavam medicação para controle das altas taxas e que, felizmente tiverem redução superior a 10% nos níveis de açúcar no sangue e colesterol. Além disso, foi observado que os efeitos dos tais remédios foram potencializados pelo uso do chá.

Chá matePropriedades

Quanto as suas propriedades, a erva mate possui grande quantidade de vitamina C, D e do complexo B, além de alto teor de cálcio, ferro, fósforo, potássio e manganês; um verdadeiro suplemento alimentar, não?

O efeito antioxidante, responsável pelo envelhecimento lento das células, combate os radicais livres e se deve aos taninos contidos na erva tostada. Como possui cafeína, o uso deve ser controlado em pessoas que possuem insônia e distúrbios estomacais como gastrite, ulcera e síndrome do cólon irritável.

O recomendado é que a bebida seja consumida apenas após as 3 principais refeições diárias. Para pessoas isentas de tais problemas, o consumo indicado fica em torno de 1 litro diário (pouco mais de 4 xícaras).

Como preparar o chá mate.

O preparo da bebida é bem simples. Basta acrescentar cerca de 4 colheres de sopa da erva mate em 1 litro de água quente (não ferver). Após 3 minutos em infusão, o preparo está pronto para ser consumido. No verão, é mais fácil consumi-lo gelado.

Dicas: acrescente algumas gotinhas de limão ao chá gelado. Adoce, se preferir.

Agora os pesquisadores se empenham na produção de capsulas a base de erva mate para tratamento de doenças como diabetes, colesterol e no combate a perca de peso. O uso das mesmas é boa opção para quem não aprecia o sabor do chá.

Estudos em ratos de laboratório indicam grande poder de combate a tumores malignos (câncer). Nos testes realizados, a redução tumores dos animais utilizados nos experimentos chegou a 80%.

Estamos diante de uma nova e poderosa arma contra o câncer?