A Praticidade do Uso de notebooks

Os avanços da tecnologia têm como reflexo a miniaturização dos equipamentos eletrônicos. Quem não se lembra dos antigos computadores que ocupavam salas inteiras? E os telefones “tijolar”, grandes e desajeitados?

A palavra praticidade é a grande aliada da tecnologia. A miniaturização dos produtos eletrônicos vem como uma grande tendência. Equipamentos como computadores e celulares são os que mais sofrem essa influência.
No caso dos computadores, os antigos ENIAC e EDVAC, que ocupavam salas inteiras, dão lugar aos notebooks, netbooks, tablets entre outros.

Praticidade_uso_notebook

Com relação aos notebooks, a palavra praticidade define muito bem esse equipamento, que passou a ser companheiro inseparável de uma gama de profissões e atividades, incluindo executivos, médicos, estudantes, comerciantes, entre outros, que tem em suas mãos, online, todas as informações que necessitam para o desenvolvimento de suas atividades.

O interessante é a possibilidade de utilização em todos os lugares, não necessitando, para isso, estar conectado á uma rede elétrica. As baterias melhoram seu desempenho com o passar dos tempos, evitando o incomodo de ficar recarregando-as constantemente. Uma nova geração de notebooks contará com baterias de duração semanal.

As conexões 3G ampliam a gama de utilização dessas máquinas, possibilitando conexão via internet, utilizando um modem sem fio. Essa tecnologia ainda apresenta alguns inconvenientes em nosso país, tendo em vista os precários serviços prestados pelas operadoras de telecomunicações.

O sistema WIFI ou wireless Fidelity também tem dado a sua contribuição, possibilitando acesso à internet, sem necessidade de modens ou cabos de conexão. São poucos, porém os locais que disponibilizam esse serviço.

Todo esse avanço tem impacto nos custos dos produtos que estão com os preços cada dia mais em conta. Os custos de fabricação dos notebooks baratearam muito nos últimos 5 anos, com tendência a reduzirem ainda mais, possibilitando sua utilização mesmo para as pessoas de classes sociais pouco privilegiadas.